O que é Social Trading e quais seus benefícios?

Artigos

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil y Inglés Estadounidense.

Investimento em geral necessitam de conhecimento e experiência, requer atenção e timing para se manter amplamente atualizado com notícias que afetam o mundo dos negócios e também o conhecimento para entender tendências, ler gráfico e relatórios analíticos.

Se você não tiver essas capacidades, é bem provável que irá perder dinheiro em investimento, vai ficar frustrado, talvez nem volte a tentar a investir, ou não recomende, ou talvez seja teimoso querendo reaver o investimento inicial, podendo perder até mais. Mas o Social Trading é útil para auxiliar quem não tem estas expertises e ajudar a superar estes desafios.

E então, o que é Social Trading?

Social Trading é uma forma de investimento que permite que os investidores observem o comportamento de traders experientes e sigam suas estratégias de investimento usando uma forma de cópia de estratégias ou negociações espelhadas. Este meio de negociação requer pouco ou nenhum conhecimento sobre os mercados onde se opera, pois usa-se a experiencia
de um trader.

É uma maneira alternativa de analisar dados, observando o que os outros estão fazendo, copiando suas técnicas e estratégias, assim não necessitando aprofundar conhecimento em análises técnicas ou fundamentais. Basicamente é uma rede social de negociações, que ao invés de postar fotos, selfies, etc, os participantes interagem, observam resultado de negociação de outros profissionais e discutem situações do mercado em tempo real.

Como surgiu o Social Trading?

O cientista e pesquisador do MIT, Yaniv Altshuler, descreveu as redes de Social Trading como sistemas adaptativos complexos e, em sua pesquisa em 2014 sobre o OpenBook da eToro, escreveu que “ Tendo a capacidade inerente de compartilhar ideias e informações entre si, os usuários do OpenBook recebem uma nova fonte de informação, eles podem usar para melhorar seu desempenho em trades.

Como os usuários não estão brigando um contra o outro, mas contra o mercado, essa situação se torna um jogo sem soma zera, incentivando os usuários a compartilharem o máximo de informações possíveis”. Desde então o Fórum Econômico Mundial e diversos estudos descrevem o Social Trading como uma maneira disruptiva, pois oferecem alternativas sofisticadas e de baixo custo, que podem ser usados por quaisquer pessoa.

As Características do Social Trading

• Fluxo de informações: O Social Trading envolve o livre fluxo de informação entre os participantes, o acesso livre de informação é importante no mercado financeiro pois aumenta o interesse em pequena escala, assim investidores individuais podendo participar

• Negociação cooperativa: É um modo que permite o Social Trading a oportunidade de negociarem de forma colaborativa em equipes, seja através da união de fundos, divisão de pesquisa e compartilhamento de informações;

• Monetização: Nas redes sociais a monetização nem é sempre clara. No Social Trading, isto é explícito, o objetivo é este, fazer que todos ganhem, tanto os que entram com investimento, tanto os que entram com o conhecimento;

• Transparência: As plataformas de Social Trading revelam estatísticas de desempenho, posições em aberto, posições fechadas, lucros passados, perdas passadas, sentimento de mercado, assim oferecendo aos seus membros informações completas para avaliar a credibilidade dos colaboradores que criam estratégias na plataforma.

Quais os benefícios do Social Trading?

• Acesso rápido a informações comerciais confiáveis: As plataformas de Social Trading reduzem o processo de busca de informações comerciais confiáveis, abrangendo o fornecimento de informações de traders profissionais de todo o mundo, além da interação com os traders.

• Captação rápida do mercado: Social Trading e suas plataformas reduzem a duração e o custo de se tornar um investidor profissional, permitindo que você aprenda com traders experientes, de forma rápida e eficiente.

• Ganhar enquanto ainda está aprendendo: Enquanto está aprendendo, é possível ganhar copiando as estratégias e operações de traders profissionais, portanto, você não precisa esperar até ter todo o conhecimento necessário para começar a ter ganhos.

• Construir uma comunidade comercial de investidores: As plataformas permitem a criação de comunidades de investidores, onde você interage e compartilhar informações, além de colaborar em diferentes empreendimentos. Por serem plataformas on-line, você pode acessar informações de todo o mundo e de todos, de maneira fácil, rápida desde que tenha internet.

Existem quatros tipos principais de negociação no Social Trading

• Negociação Única: O trader menos experiente realiza um trade normal único, baseando em outro trader experiente, sozinho;

• Cópia de Mercado: O trader menos experiente realiza exatamente o mesmo que o trader experiente e de um único trader, diversas operações;

• Cópia de Portifólio: O trader menos experiente copia todo o portifólio de um trader experiente, onde o trader experiente recebe parcela dos lucros gerados das estratégias;

• Espelho de Negociação: O trader menos experiente executa de forma automatizada todas as negociações do trader experiente, ou seja, segue exatamente tudo.

Finalizando

Sabendo de todas estas informações, aprendemos que o Social Trading permite que usuários troquem informações livremente e se ajudem na tomada de decisões sobre investimento, aproveitando o poder da comunidade. As plataformas são para todo o tipo de usuários, do mais experiente ao mais leigo e que todos podem se beneficiar.

Esperamos que tenham gostados destas informações, que tenha tirado algumas dúvidas sobre essa nova maneira de negociar. Quaisquer dúvidas ou experiência que queira compartilhar conosco, fique à vontade para usar os comentários e participe de nosso grupo do Telegram.

Website
Comunidade Monnos

rotato-snapshot-361
image-172
image-166
image-173