DYOR

Quando um usuário pergunta sobre investir em alguma moeda desconhecida em algum fórum sobre cripto na internet, os usuários mais experientes vão responder de maneira cética e usualmente usar o termo DYOR, que significa “faça sua própria pesquisa”. Isso incentiva a investidores menos experientes a buscar informações sobre os projetos antes de arriscar o seu capital.

Por que você deve fazer sua própria pesquisa?

O mercado de cripto já possui mais de 10 mil moedas e a verdade é que a maioria delas irá morrer. Alguns projetos não irão perdurar e há aqueles que são má intencionados. De qualquer forma, todos estão vendendo o “novo bitcoin“, criando falsas esperanças através de campanhas de marketing. Ao comprar qualquer criptomoeda, é aconselhável pesquisar de maneira profunda e tomar a decisão por contra própria, não deixando se influenciar por promessas de retorno alto e imediato.

  • Uma altcoin é toda e qualquer moeda que não seja o Bitcoin. "Alt" vem de alternative (que inglês significa alternativo).

  • Blockchain é um registro aberto (todos podem conferir) e imutável de dados, os quais podem ou não incluir transações.

  • Cat bounce (“quique do gato”) é o nome dado a pequenas “subidas” no preço dos ativos mesmo que, no panorama geral, estejam se desvalorizando.

  • MetaMask é uma carteira de criptomoedas que permite aos usuários interagir com aplicações descentralizadas (dapps).

  • Criptografia é um mecanismo usado para garantir a privacidade de dados. Converte texto simples legível por humanos em texto incompreensível.

  • Um Utility Token da ao usuário algum tipo de utilidade prática ao obtê-lo: descontos ou benefícios, acesso exclusivo a um produto, etc.

  • Uma wallet (em português, carteira) é um software ou hardware que permite armazenar criptomoedas de forma segura.

  • ATH é uma abreviação para o termo "All Time High", que é o preço mais alto que um ativo já chegou em seu histórico.

  • P2P (peer-to-peer) no contexto de cripto, trata-se de transações entre dois indivíduos sem um intermediário, como uma corretora, por exemplo.

  • Moeda FIAT (ou moeda fiduciária) é a moeda emitida pelos bancos centrais de qualquer país. No Brasil, é o real. Nos USA, é o dólar, por exemplo.