Mempool

O mempool no Bitcoin é basicamente uma “sala de espera” para que as transações sejam confirmadas. Após uma transação ser confirmada por um node (nó), ela aguarda dentro da mempool até ser validada por um minerador e inserida em um bloco.

Para um node (nó) ou minerador, o mempool é crucial para a sua lucratividade.
Aqueles que já enviaram bitcoin alguma vez, podem ter tido a experiência de ter a sua própria transação “presa” na rede ou ter demorado um pouco mais que o habitual. A explicação para isso está na relação entre os mineradores e a mempool.

Para entender esse ponto, precisamos entender que a recompensa da mineração de Bitcoin consiste em dois componentes: a recompensa do bloco e os custos de transação.

Os mineradores têm o “privilégio” de decidir por si mesmos e livremente quais transações escolhem no mempool. Eles fazem isso por razões econômicas: eles classificam as transações do mempool de acordo com sua taxa. A taxa nada mais é do que a taxa de transação dividida pelo tamanho da transação, sendo que as transações com a taxa mais alta estão no topo. O objetivo do minerador é maximizar o lucro. Cada transação tem um determinado tamanho, e o tamanho máximo do bloco é de apenas 1 MB, portanto, os mineradores vão executar as transações por ordem de lucratividade da taxa, e, é por conta disso, que algumas transações acabam demorando mais para serem validadas pelos mineradores.

  • Fee

    Fee significa "taxa" em português, no contexto de cripto, são as taxas de transação das criptomoedas.

  • TVL

    O Total Value Locked (TVL), ou em português, Valor Total Bloqueado, é a quantidade de fundos que usuários depositaram em uma plataforma DeFi.

  • O BEP-20 é o padrão de token da Binance Smart Chain. Na BSC, pode-se desenvolver Dapps, assim como os ERC-20, no caso da Ethereum.

  • Day trade é uma estratégia arrojada, consiste em comprar um ativo na baixa e vender na alta no mesmo dia, buscando lucro de curto prazo.

  • “Pump” é um termo que pode se referir a duas coisas: subida brusca no preço de um ativo ou impulsionamento de um ativo.

  • O Bloco Gêneris é o primeiro bloco minerado de Bitcoin, contendo as primeiras 50 unidades e tendo sido executado pelo próprio Satoshi Nakamoto.

  • A sigla UTXO significa Unspent Transaction Output (Transação de Saída Não Gasta) é o saldo o usuário recupera na carteira após uma transação.

  • Mining rig ou “plataforma de mineração” é um equipamento ou um arranjo de equipamentos feito para minerar criptomoedas.

  • A hash rate, também conhecida como hash power, é parte fundamental de qualquer cripto que possui consenso de proof-of-work, como o Bitcoin.

  • MetaMask é uma carteira de criptomoedas que permite aos usuários interagir com aplicações descentralizadas (dapps).