O que é Solana (SOL)?

Solana é um protocolo altamente funcional de código aberto que se baseia na tecnologia blockchain de natureza sem permissão para prover soluções para finanças descentralizadas (DeFi).

Solana é uma blockchain de terceira geração, assim como Cardano (ADA) ou Polkadot (DOT), que está apresentando métodos operacionais diferentes aos utilizados por blockchains como Bitcoin ou Ethereum.

Desenvolvida para facilitar a criação de aplicativos descentralizados (DApps), se propõe atingir alta escalabilidade introduzindo o consenso de Proof-of-History (PoH) combinado com uma camada de consenso de Proof-of-Stake (PoS) em sua blockchain. Pode atingir até 50.000 transações de baixo custo por segundo, além de permitir a criação de contratos inteligentes.

Quem inventou a Solana?

Anatoly Yakovenko é o nome do criador da Solana e a pessoa mais importante por trás do projeto. O desenvolvedor tem um histórico profissional de ter passado por grandes empresas em sua carreira. Sua carreira como engenheiro de software começou na gigante Qualcomm, passando pela Mesosphere e por último no Dropbox.

Em 2017 Yakovenko começou a trabalhar no projeto que futuramente se tornaria a Solana, convidando seu ex-companheiro da Qualcomm, Greg Fitzgerald, eles fundaram um projeto chamado de Solana Labs, trazendo junto diversos outros ex-colegas da Qualcomm. Apenas no ano de 2020 o protocolo Solana e seu token, SOL, foram lançados ao público.

Outro Co-Fundador da Solana é Eric Williams, que é cientista de dados e responsável por toda a “token-economia” (tokenomics) da Solana. Eric estudou física de partículas em Berkeley e recebeu seu PhD em Columbia, ele completou seu pós-doutorado em Física Médica no Memorial Sloan Kettering Cancer Center e mais tarde liderou a ciência de dados na Omada Health.

O que torna a Solana única?

O que torna a Solana uma inovação do mercado das criptomoedas, é o consenso de Proof-of-History criado por seu desenvolvedor e criador do projeto Anatoly Yakovenko.

O Proof-of-History é uma sequência de computação que pode fornecer uma maneira de verificar criptograficamente a passagem do tempo entre dois eventos. Ele usa uma função criptograficamente segura escrita para que a saída (output)  não possa ser prevista a partir da entrada (input) e deve ser completamente executada para gerar a saída.

A função é executada em uma sequência em um único núcleo, sua saída anterior como a entrada atual, registrando periodicamente a saída atual e quantas vezes ela foi chamada. A saída pode então ser recalculada e verificada por computadores externos em paralelo, verificando cada segmento de sequência em um núcleo separado.

Os dados podem ter um carimbo de data e hora nesta sequência anexando os dados (ou um hash de alguns dados) ao estado da função. A gravação do estado, índice e dados conforme foram anexados às sequências fornece um carimbo de data e hora que pode garantir que os dados foram criados algum tempo antes do próximo hash ser gerado na sequência. Este projeto também suporta escalonamento horizontal, pois vários geradores podem ser sincronizados entre si, misturando seus estados nas sequências uns dos outros.

Pela Solana utilizar o Proof-of-History em conjunto do Proof-of-Stake, ela consegue uma escalabilidade muito maior sem perder sua descentralização, trazendo um número superior a 50.000 transações por segundo, ultrapassando por exemplo a Visa e Mastercard juntas em número de transações por segundo.

 

A Solana é um blockchain Proof-of-Stake (PoS) que usa a mesma função de hashing do bitcoin, o SHA-256. Além disso, a Solana utiliza diversas outras tecnologias para manter sua rede, como Tower BFT, Turbine, Gulf Stream, Sealevel, Cloudbreak e Archivers.

Para que a Solana serve?

A Solana além da sua capacidade de transações de baixo custo e grande rapidez, permite a criação de novos Tokens, aplicativos descentralizados e contratos inteligentes.

Isso quer dizer que desenvolvedores podem migrar de outros protocolos como Ethereum, Cardano, Binance Smart Chain, etc, para a Solana. E como a Solana também suporta contratos inteligentes, isso quer dizer que NFTs também são possíveis entre uma infinidade de coisas que também são possíveis em outras blockchains.

Hoje a Solana já possui um ecossistema que contém Exchanges Descentralizadas e diversos outros Dapps, como exemplo: Raydium (RAY), uma DEX (Decentralized Exchange), que diferente das DEX das outras redes, não utiliza o sistema de AMM (Automated Market Maker), na Raydium, é possível ter ordens limitadas através de um sistema on-chain de liquidez.

Outro exemplo é a Audius (AUDIO), que é um protocolo de compartilhamento e streaming de música descentralizado que facilita as transações diretas entre ouvintes e criadores de conteúdo, dando a todos a liberdade de distribuir, monetizar e transmitir qualquer conteúdo de áudio.

Na imagem abaixo dá para ter uma noção do tamanho do ecossistema já existente da rede da Solana.

É possível minerar Solana?

Não existe mineração na Solana por não se tratar de um consenso de Proof-of-Work (PoW), mas a mesma utiliza o Proof-of-Stake, onde os detentores do token SOL, podem delegar suas unidades para um validador e ganharem recompensas.

Qual é o fornecimento da Solana?

O fornecimento do token SOL, divulgado pela Solana Foundation, possui emissão máxima de 489.000.000 de unidades, hoje em circulação existem em torno de 291.000.000 unidades para negociação no mercado.

A distribuição dos tokens da Solana inicialmente foram os seguintes:

Os tokens para seeders representam 16,23% do fornecimento total de token, os tokens para founding representam 12,92%, os tokens para validadores representam 5,18%, venda estratégica representam 1,88%, listagem do token representam 1,64%, tokens da equipe representam 12,79%, os tokens da Fundação Solana representam 10,46% e os tokens para a comunidade representam 38,89%.

Onde comprar Solana (SOL)?

Você pode comprar o token SOL em qualquer exchange que possua essa criptomoeda em seu portfólio. E como a Monnos é a exchange que possui o maior portfólio de criptomoedas do Brasil, você pode adquirir as suas SOL conosco.

Para isso, basta você baixar o nosso aplicativo, disponível na App Store ou no Google Play, e fazer o seu primeiro depósito. Depois, é só adquirir AVAX e o montante que deseja de uma maneira muito fácil.

Por termos o processo mais simplificado do mercado, as compras e vendas de criptomoedas na Monnos são bem rápidas: você escolhe a moeda que você tem sob custódia e também a que você quer comprar, e pronto.

Todo o restante do processo é a ferramenta que irá fazer para você!

A Solana é uma alternativa ao Ethereum?

A Solana é uma alternativa ao Ethereum, porém sua rede é relativamente nova, o que abre muitas brechas para falhas. A Solana ainda tem que se provar, passar por muitos testes de escalabilidade e segurança. Mas seu futuro é brilhante e um dia, quem sabe, pode desbancar o trono do Ethereum como principal protocolo de contratos inteligentes ou chegar perto disto.

Como o Ethereum é mais lento e mais caro, a proposta apresentada pela Solana de ser uma rede de baixo custo e de maior velocidade das transações, é um grande diferencial ao Ethereum, algo que já percebemos pela procura por Cardano (ADA) ou Binance Coin (BNB) que possui a Binance Smart Chain, com estas propostas. Quem dirá no futuro quem irá tirar o trono do Ethereum (se conseguirem) é o próprio mercado, mas isso não impede de maneira alguma que diversas redes coexistam nesse mercado que só cresce e evolui a cada dia.