Além das já conhecidas Bitcoin e Ethereum, outras criptomoedas têm chamado bastante a atenção dos investidores nos últimos meses 一 como é o caso da Polkadot.

Ativo que tem como sua principal característica a interoperabilidade entre blockchains, a Polkadot atingiu, em janeiro deste ano, o valor de US$ 10 bilhões em capitalização de mercado. 

Neste texto, nós vamos explicar o que é e como funciona essa cripto, bem como o que precisa fazer para adquiri-la. Acompanhe a leitura!

O que é a Polkadot (DOT)?

Protocolo open-source de compartilhamento multichain, a Polkadot foi criada para facilitar a comunicação entre diversas blockchains. Para isso, um ecossistema de sub-blockchains interconectadas é necessário, pois, dessa forma, todas ficam em um só lugar.

O objetivo do projeto é proporcionar uma interoperabilidade e estabelecer, ao mesmo tempo, uma rede descentralizada e privada. Hoje, a estrutura da Polkadot é composta por 3 itens fundamentais:

1 – Parachains: cadeias paralelas que processam transações e as transferem para a blockchain principal;

2 – Cadeia de retransmissão: componente central que conecta as parachains, garantindo a segurança do protocolo;

3 – Pontes: ligações que conectam a Polkadot às blockchains de outras redes.

Dentre essas blockchains que podem ser conectadas estão:

– Cadeias públicas e privadas;

– Redes “sem permissão”;

– Oracles;

– Futuras tecnologias.

Além disso tudo, o protocolo ainda possui seu token nativo, o DOT, o qual possui 3 propósitos:

1 – Fornecer governança;

2 – Estabelecer o funcionamento da rede;

3 – Criar parachains.

Como e quem criou a Polkadot (DOT)?

Depois de sair da Ethereum em 2016, Gavin Wood, um de seus cofundadores, passou a trabalhar em um sharding relativamente simples da rede, lançando-o em outubro daquele mesmo ano.

Depois desse movimento, Wood se uniu a Peter Czaban, da Parity Technologies, e fundou a Web3 Foundation (W3F) em 2017, um espaço que supervisiona a pesquisa e desenvolvimento da Polkadot.

Apesar de ter sido lançado há mais de 4 anos, o projeto Polkadot continua em constante desenvolvimento.

Por que a Polkadot é única?

A principal diferença que a Polkadot tem dos demais projetos de criptomoedas é o fato de conseguir interligar diferentes blockchains em um único lugar.

Originalmente, uma blockchain não foi estruturada para se conectar a outras. No entanto, com o protocolo Polkadot isso não só é possível como extremamente funcional, pois pelo fato da rede não possuir algumas funcionalidade básicas, como o processamento de smart contracts, ela consegue realizar suas transações de forma muito rápida, garantindo agilidade aos seus usuários.

O que significa interoperabilidade?

Para entender o que é a interoperabilidade e saber como ela funciona, é preciso, primeiro, ter em mente que projetos baseados em blockchains não possuem informações de outras blockchains. Ou seja, são isoladas umas das outras.

Diante disso, a interoperabilidade vem como uma ferramenta que permite a troca de dados entre diferentes blockchains de uma maneira transparente e padronizada 一 e é exatamente nessa lógica que a Polkadot funciona.

Quantas Polkadot (DOT) existem?

Em agosto de 2020, a Polkadot sofreu uma redenominação, o que influenciou na quantidade de DOT existentes. Com isso, atualmente, tem-se a quantidade de 1 bilhão de tokens DOT.

Essa redenominação aconteceu para evitar o uso de pequenas casas decimais, facilitando, assim, o cálculo de todo o sistema. Em outras palavras, a cada 1 DOT que uma pessoa tivesse, agora ela passa a ter 100.

Na época da mudança de denominação, a própria Polkadot fez uma publicação explicando que esse movimento não impactaria na economia do ecossistema, informação bastante relevante aos usuários da rede.

A Polkadot (DOT) é Segura?

A Polkadot utiliza um mecanismo de funcionamento chamado Nominated Proof-of-Stake (NPoS) para selecionar validadores e nominadores, os quais precisam ser, obrigatoriamente, detentores de DOT.

Com um sistema focado no usuário, a Polkadot só funciona se os validadores ou nomeadores permitirem as transações, o que garante maior proteção à rede, além de eliminar quem possui mau comportamento.

Onde comprar Polkadot (DOT)?

Você pode comprar os tokens DOT em qualquer exchange que possua essa cripto em seu portfólio. E como a Monnos é a exchange que possui o maior portfólio de criptomoedas do Brasil, você pode adquirir as suas DOT conosco.

Para isso, basta você baixar o nosso aplicativo, disponível na App Store ou no Google Play, e fazer o seu primeiro depósito. Depois, é só adquirir a cripto que deseja de uma maneira muito fácil.

Por termos o processo mais simplificado do mercado, as compras e vendas de criptomoedas na Monnos são bem rápidas: você escolhe a moeda que você tem sob custódia e também a que você quer comprar, e pronto.

Todo o restante do processo é a ferramenta que irá fazer para você!

Quanto vale 1 Polkadot?

No mundo dos criptoativos, a Polkadot tem dado o que falar 一 principalmente por ter acontecido um leilão de parachains em junho. E para o trader e analista Lark Davis, isso provavelmente vai gerar um grande movimento de valorização das criptos de baixa capitalização que estão conectadas ao protocolo.

Agora, a Polkadot ocupa a posição #9 na classificação do CoinMarketCap e possui um valor de R$ 79,70.

Conclusão

Com tantas informações como essas, é impossível não querer investir em DOT o quanto antes, certo? Inclusive, lá no início de maio nós já tínhamos apontado esse ativo como um dos mais promissores para 2021. 

Caso queira conhecer outras criptos que têm despontado no mercado financeiro, clique aqui e confira o artigo completo. Vale a leitura!