Liquidez

Liquidez é o termo técnico para facilidade de vender algo.

Falando de forma mais abrangente, é a facilidade para converter um ativo em outro. Por exemplo, não é difícil converter ouro em reais ou dólares, ou até mesmo em outro produto, portanto dizemos que o ouro tem grande liquidez.

Por outro lado, vender uma mansão geralmente leva um certo tempo, dá trabalho e leva mais tempo, ou seja, tem pouca liquidez.

Mesmo ativos que se enquadram na mesma categoria possuem diferentes “rankings” de liquidez. Certos carros, por exemplo, são vendidos com mais facilidade que outros.

Alguns tipos de liquidez em investimentos

Liquidez a qualquer momento

Você não precisa esperar nenhum prazo para fazer o resgate.

Exemplos: Bitcoin, ações, fundos imobiliários, CDBs, alguns títulos do tesouro direto, ETFs.

Em outras palavras, você pode vender criptomoedas e ações no momento em que desejar. No caso das ações, é preciso apenas ficar atento ao horário de funcionamento da bolsa de valores.

Liquidez apenas no vencimento

É preciso esperar um prazo pré-estabelecido antes do resgate.

Isso significa que o seu dinheiro fica “preso” até o vencimento da aplicação. Exemplos: alguns LCIs, LCAs, LCs, RDBs, alguns CDBs.

Noca caso das Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), especificamente, o prazo costuma ser de 90 ou 180 dias.

Você talvez já tenha visto as siglas D+0, D+1, D+2 ou até D+30. O número após o D é o número de dias úteis que demora para o dinheiro cair na sua conta após a venda. No caso de D+0, o valor será depositado no mesmo dia da operação. No caso de D+1, será depositado no dia útil seguinte (se a operação foi feita na terça-feira, o dinheiro chegará na sua conta na quarta).

A relação entre liquidez e investimentos

Por que investir em algo que impede o resgate antes de uma certa data e abrir mão de ter acesso ao meu dinheiro nesse meio tempo?

Bem, instituições financeiras te recompensam por deixar o dinheiro com elas, por isso às vezes os ativos com liquidez no vencimento rendem mais.

Suponha que você emprestou dinheiro para Ana e para Sophia. Se Ana te prometeu que você pode ter seu dinheiro de volta a qualquer momento, enquanto Sophia fez você prometer que esperaria por três meses, faz sentido que Sophia te pague uma taxa de juros maior.

Liquidez e criptomoedas

Existem exchanges (corretoras de criptoativos) que funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana. Você pode fazer uma ordem de compra ou venda no horário que desejar.

Entretanto, nem todas as moedas digitais possuem a mesma liquidez. O Bitcoin é um ativo conhecido e que se tornou até mesmo a moeda oficial de um país, El Salvador. Obviamente é muito mais fácil achar alguém disposto a pagar por bitcoins do que por criptomoedas criadas a pouco tempo.

  • BTFD vem do inglês "Buy the F*cking Dip". É basicamente uma forma agressiva de recomendação de compra quando o mercado está em queda.

  • Blockchain é um registro aberto (todos podem conferir) e imutável de dados, os quais podem ou não incluir transações.

  • Moeda FIAT (ou moeda fiduciária) é a moeda emitida pelos bancos centrais de qualquer país. No Brasil, é o real. Nos USA, é o dólar, por exemplo.

  • O soft fork é uma mudança no protocolo de uma criptomoeda que é compatível com versões anteriores. Usualmente são alterações simples.

  • O bear market é uma condição de mercado onde os preços em baixa e tendem a continuar caindo. É um momento de grande pessimismo.

  • Paper wallet é um pedaço de papel onde estão escritas as chaves pública e privada que compõem a sua carteira digital. Também chamada de carteira de papel.

  • Mixer é um serviço que embaralha as criptomoedas de um usuário com a de outros, dificultando seu rastreamento. Usado para aumentar privacidade.

  • Bullish vem do termo "bull market", que é usado no mundo financeiro quando o mercado está otimista em relação ao preço dos ativos.

  • Um ICO é, traduzido para o português, como oferta inicial de moeda. É um meio alternativo de arrecadar fundos através do mercado de cripto.

  • Mining rig ou “plataforma de mineração” é um equipamento ou um arranjo de equipamentos feito para minerar criptomoedas.