Volatilidade

A volatilidade é uma variável econômica que se refere a intensidade das oscilações no preço de um determinado ativo dentro de um período te tempo.

Por consequência, quanto mais volatilidade um ativo tem, maiores são as chances de pessoas ganharem ou perderem dinheiro investindo nele.

Um fator de extrema importância na hora de decidir tomar o risco ou não é o horizonte temporal. As chances de um ativo oscilar se valorizando ou desvalorizando em um dia são diferentes das chances de isso ocorrer em um período de 1 ano ou mais.

As criptomoedas, incluindo o Bitcoin, são reconhecidamente voláteis a curto prazo. É importante manter em mente que cada moeda digital é única: antes de investir, é preciso estudar a moeda específica pela qual você está interessado.

No caso do Bitcoin, olhando para uma compra em qualquer ponto e verificando o preço do ativo 3 anos depois, vemos uma alta constante. Entretanto, uma pessoa com um horizonte mais curto está mais sujeita a ter prejuízos, tomando como base seu histórico da moeda criada por Nakamoto.

Não tenha medo da volatilidade. Você quer e precisa que ela ocorra para que você tenha lucro. Se prepare para ela, aplicando estratégias para períodos de alta e de baixa.

Tipos de volatilidade

Real

A volatilidade real representa a variação efetiva do preço do ativo no futuro. Ou seja, é simplesmente o quanto de fato o preço de um ativo oscilará. Depois que é conhecida, acaba sendo a mesma coisa que volatilidade histórica.

Histórica

Ela é calculada com base nas variações de preço ao longo de determinado período.

Falando de forma mais técnica, é o desvio padrão do período estudado, e comumente esse período é de um ano.

Bem, vamos entender o que é o desvio padrão: é uma forma de estimar a intensidade com um um conjunto de valores se distancia de sua média aritmética. Por exemplo, um ativo tivesse o mesmo valor durante todo o ano teria um desvio padrão de zero. Quanto maior o desvio padrão, maior a intensidade com que o preço do ativo se distanciou da média.

O indicador de volatilidade histórica é muito usado por traders para estimar em qual momento o ativo deve cair, por ter atingido uma alta que costuma ser o máximo que o valor atinge, e qual é o momento de compra, por ter atingido um preço que costuma ser o mais baixo que ele desce.

Cambial

Está relacionada à taxa de câmbio. Ações de empresas americanas, por exemplo, são impactadas pela valorização ou desvalorização do dólar. Na realidade, como muitos produtos e matérias primas são importados, uma oscilação no dólar impacta basicamente todos os mercados do mundo.

Volatilidade implícita

A volatilidade implícita pode ser entendida como a estimativa que o mercado faz da volatilidade futura. Por exemplo, se a opção de comprar uma ação daqui a um mês está sendo negociada a 1,20 reais, me pergunto qual deveria ser a volatilidade para justificar tal preço. É muito comum utilizar o modelo Black-Scholes para fazer esse tipo de estimativa.

  • Satoshi Nakamoto é o pseudônimo do criador do Bitcoin. Não se sabe se Satoshi é um indivíduo ou um grupo de pessoas.

  • Uma altcoin é toda e qualquer moeda que não seja o Bitcoin. "Alt" vem de alternative (que inglês significa alternativo).

  • Os Cypherpunks são ativistas digitais focados na privacidade e segurança de ativos digitais. Utilizam a criptografia como sua principal ferramenta.

  • O soft fork é uma mudança no protocolo de uma criptomoeda que é compatível com versões anteriores. Usualmente são alterações simples.

  • Mining rig ou “plataforma de mineração” é um equipamento ou um arranjo de equipamentos feito para minerar criptomoedas.

  • Dump, ou despejo em português, é um termo usado para designar uma queda abrupta no preço de um ativo

  • O BEP-20 é o padrão de token da Binance Smart Chain. Na BSC, pode-se desenvolver Dapps, assim como os ERC-20, no caso da Ethereum.

  • O Bull Market é uma condição de mercado onde os preços subiram e tendem a continuar subindo. É um momento de grande otimismo no mercado.

  • Em criptomoedas, fork é uma atualização no protocolo de um moeda. No inglês, o significado é "bifurcação" e é exatamente isso que acontece.

  • Criptografia é um mecanismo usado para garantir a privacidade de dados. Converte texto simples legível por humanos em texto incompreensível.