TVL

O Total Value Locked (TVL), ou em bom português Valor Total Bloqueado, é a quantidade de fundos que usuários depositaram em uma plataforma descentralizada que oferece serviços típicos do mercado financeiro. Estes fundos podem ter diversas finalidades, tais como servir como garantia para um empréstimo ou fazer parte de um pool de liquidez.

O TVL não leva em conta as saídas em forma de empréstimo ou os juros pagos. Ele simplesmente reflete o valor atual dos depósitos.

Exemplos

– Lucas depositou 4 bitcoins em um pool de liquidez e recebe juros da plataforma como recompensa por tornar as transações mais ágeis – o TVL leva em conta apenas os 4 bitcoins depositados por Lucas.

– O usuário A quer pegar 1 bitcoin emprestado porque acredita que ele vai se valorizar muito no futuro e pode valer a pena pagar os juros pelo empréstimo. O usuário B, por outro lado, pensa de forma oposta e depositou 1 bitcoin na plataforma e o deixou disponível para ser emprestado mediante pagamento de juros. A pega 1 bitcoin emprestado de B através da plataforma e paga os juros devidos a ele. Nesse caso, o valor contabilizado no TVL é de 1 bitcoin.

Protocolos de financeiro descentralizado (DeFi)

Vamos entender melhor o que são as plataformas descentralizadas mencionadas acima.

Elas tem outro nome: Decentralized Finances (DeFi), ou Protocolo Financeiro Descentralizado.

Trata-se de um conjunto de serviços, como empréstimos, transferências e sistemas de pagamentos, que rodam em uma blockchain. Via de regra, essas soluções não são controladas por intermediários, como bancos ou outras instituições financeiras.

As operações são programadas e executadas por algoritmos e smart contracts (contratos inteligentes), que são programas de computador autoexecutáveis.

No caso do exemplo em que A pega 1 bitcoin emprestado de B, os detalhes da transação, como juros e datas, estariam escritos em um smart contract que realizaria todos os trâmites necessários de forma automática.

É importante ressaltar que como o contrato pode ser visto por todas as partes envolvidas e não depende da vontade humana para ser efetivado, tudo tende a ocorrer de forma transparente e segura.

A principal bandeira dessa tecnologia, portanto, é criar um sistema financeiro menos burocrático, mais confiável, independente e acessível.

Alguns dos DeFis mais famosos do mercado

Aave (AAVE)

Possui código aberto, roda na rede Ethereum e atualmente conta com mais de 4 bilhões de dólares em TVL. Oferece diversos serviços financeiros relacionados a empréstimos.

Uniswap

Além de oferecer serviços “bancários”, funciona como exchange. Também roda na rede Ethereum e possui um TVL de 4.79 bilhões de dólares.

Balancer

Balancer é uma exchange e também permite aos usuários fazer depósito em pool de liquidez e receber juros em troca. Seu TVL é de 1,24 bilhões de dólares.

 

  • O soft fork é uma mudança no protocolo de uma criptomoeda que é compatível com versões anteriores. Usualmente são alterações simples.

  • Uma Hot Wallet, ou “carteira quente”, é uma carteira conectada a internet. São amplamente usadas, mas oferecem menor segurança que as Cold Wallets.

  • Exchanges, também chamadas de corretoras de criptomoedas, são sites onde pessoas compram e vendem criptomoedas e tokens.

  • Um contrato inteligente, ou smart contract, é um contrato feito em linguagem de programação executado automaticamente entre duas entidades.

  • OBV

    OBV (On Balance Volume) é um indicador de análise técnica que relaciona volume com variações de preço.

  • Fee

    Fee significa "taxa" em português, no contexto de cripto, são as taxas de transação das criptomoedas.

  • Cat bounce (“quique do gato”) é o nome dado a pequenas “subidas” no preço dos ativos mesmo que, no panorama geral, estejam se desvalorizando.

  • Paper wallet é um pedaço de papel onde estão escritas as chaves pública e privada que compõem a sua carteira digital. Também chamada de carteira de papel.

  • A mineração de Bitcoin é o processo pelo qual novos bitcoins são colocados em circulação.

  • Gwei é uma unidade de medida da Ethereum. Representa uma pequena quantidade do ativo e é usada para pagar as taxas de transação da rede.