Hash

Um Hash ou uma função hash é qualquer algoritmo que mapeia dados de tamanho arbitrário para dados de tamanho fixo. Os valores retornados por uma função de hash são chamados de valores de hash, códigos de hash, somas de hash, somas de verificação ou simplesmente hashes. O desenvolvimento recente de redes de pagamento pela Internet e dinheiro digital, como Bitcoin, também usa uma forma de ‘hashing’ para somas de verificação e trouxe atenção adicional ao termo.

O Bitcoin usa o algoritmo de hash SHA-256 para gerar números “aleatórios” verificáveis ​​de uma maneira que requer uma quantidade previsível de esforço da CPU. Gerar um hash SHA-256 com um valor menor que o valor do alvo acabado resolvendo o problema de um bloco e, como recompensa, você ganha algumas moedas.

Como a hash funciona no Bitcoin?

No protocolo do bitcoin, as funções de hash fazem parte do algoritmo de hash de bloco que é usado para gravar novas transações na blockchain por meio do processo de mineração.

Na função de hash na mineração do bitcoin, os inputs para a função são sempre as transações mais recentes, ainda não confirmadas (juntamente com algumas entradas adicionais relacionadas ao timestamp de data/hora e uma referência ao bloco anterior).

Resolver as funções de hash no bloco bitcoin requer uma quantidade extremamente grande de  poder computacional (o poder de processamento combinado de todos os computadores da rede ainda leva aproximadamente 10 minutos para resolver o problema matemático de um bloco ).

É a necessidade dessa grande quantidade de poder de processamento que indica que novos bitcoins ainda serão minerados por um longo período de tempo.

Para ganhar bitcoins através da mineração, você precisa trabalhar muito para resolver o problema matemático de um bloco – e ao ganhar essa recompensa, você está fechando todas as novas transações em um bloco, que é adicionado ao bloco permanente, onde há o registro de todas as transações anteriores: o blockchain.

  • Bag holder é um termo usado para definir alguém que manteve um ativo ao longo do tempo apesar da desvalorização constante de seu preço

  • DYOR vem do inglês "do your own research", ou seja, faça sua própria pesquisa. É muito usado por usuários de cripto.

  • AMM é uma sigla para Automated Market Maker, (em português, Criador de Mercado Automatizado). É um “robô” que faz a cotação entre dois ativos

  • Satoshi Nakamoto é o pseudônimo do criador do Bitcoin. Não se sabe se Satoshi é um indivíduo ou um grupo de pessoas.

  • Baleia é nada mais do que uma forma de denominar uma pessoa que é dona de uma grande quantia de ativos.

  • Um Swap de tokens é um termo que pode se referir a duas coisas: transferência de ativos digitais de uma blockchain para outra blockchain

  • Slippage é quando você não consegue executar uma compra pelo preço que pretendia e a compra acaba saindo mais cara que o esperado.

  • A sigla UTXO significa Unspent Transaction Output (Transação de Saída Não Gasta) é o saldo o usuário recupera na carteira após uma transação.

  • Em criptomoedas, fork é uma atualização no protocolo de um moeda. No inglês, o significado é "bifurcação" e é exatamente isso que acontece.

  • Uma wallet (em português, carteira) é um software ou hardware que permite armazenar criptomoedas de forma segura.