Se você está ligado no mundo das criptomoedas, com certeza sabe que existem três gerações delas, certo? A primeira foi originada com o Bitcoin, a segunda com o Ethereum e, a terceira, com a Cardano.

Contudo, mesmo que apenas uma cripto tenha dado início a cada uma dessas gerações, não significa que elas sejam as únicas – e a comprovação disso é o ativo que vamos conversar hoje.

A Algorand é um dos projetos blockchain da terceira geração que mais cresceu nos últimos anos. Inclusive, sua capitalização de mercado já passa dos US$ 10 bilhões e está na 21ª  posição do ranking mundial.

Só para se ter uma noção, o seu token nativo, a ALGO, teve uma valorização de 268% entre julho e setembro de 2021. Um dos principais motivos para que isso acontecesse foi a escolha pela Algorand pelo governo de El Salvador para desenvolver sua própria blockchain.

Além da atenção que as instituições de grande porte têm dado para a rede, outras stablecoins populares a escolheram para hospedar suas criptos – é o caso do USD Coin e do Tether.

Na leitura a seguir, você vai entender um pouco mais sobre a Algorand (ALGO) e também por que ela vem se expandindo tanto recentemente.

O que é Algorand?

A Algorand (ALGO) é uma rede de blockchain focada no processamento de transações de alta velocidade e contratos para finanças descentralizadas, também conhecidas como DeFi.

Ao contrário do que muitos outros projetos praticam, esse é pautado numa blockchain “sem permissão”, o que significa que qualquer pessoa pode fazer parte, o que só é possível por conta do seu sistema transparente.

Sua invenção se deu devido às transações lentas que algumas blockchains ainda sofrem, como é o caso do Bitcoin. Diante disso, a Algorand não só tem uma boa eficiência nessa questão, mas também trabalha com taxas baixas e nenhum tipo de mineração.

Por conseguir resolver um problema bastante pertinente, sua mainnet conseguiu lidar com quase 1 milhão de transações por dia entre junho de 2019 e dezembro de 2020. Um sucesso absoluto!

Quem são os fundadores da Algorand (ALGO)?

A Algorand foi fundada em 2017 por Silvio Micali, um importante nome no mundo das criptomoedas.

Professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e especialista em criptografia, Micali faz parte da comunidade criptográfica desde 1980. Dentre todo o trabalho que já exerceu durante sua carreira, um deles tem grande destaque: a cocriação dos testes de conhecimento zero (ZKP).

Em 2012, foi vencedor do prêmio Turing por conta das suas contribuições teóricas e práticas em computação bipartidária segura, dinheiro eletrônico, criptomoedas e protocolos blockchain.

Como funciona a Algorand?

A blockchain da Algorand é um protocolo sem permissão Puramente Proof of Stake (PPoS). A partir desse consenso, a velocidade de produção dos blocos é atingida e medida em poucos segundos, o que melhora a escalabilidade da rede e, consequentemente, capaz de processar diversas transações ao mesmo tempo – cerca de 2 mil por segundo.

Com o PPoS, todos os validadores são conhecidos e, por conta disso, apenas precisam concordar entre si para que um novo bloco seja criado. Além do mais, sua criptomoeda, ALGO, é utilizada como garantia na criação desses blocos e, em breve, funcionará também como uma forma de recompensar aqueles que se comprometerem a votar como parte da governança do protocolo.

Algoritmo da ICO

Lançada em 2019, a Algorand promoveu uma venda pública de tokens ALGO em forma de leilão em seu início. Na época, 25 milhões de tokens foram vendidos por US$ 60 milhões, o que deixa o seu valor ICO (oferta inicial de moedas) em torno de US$ 2,40.

Um total de 10 bilhões de ALGO foram emitidas na gênese da blockchain da Algorand e que serão distribuídas até o ano de 2030. 

Equipe Algorand

A equipe da Algorand é composta por profissionais das mais diversas áreas. Dentre eles, estão: criptógrafos, economistas, pesquisadores, matemáticos e líderes empresariais de empresas globais de tecnologia.

Com relação à liderança, ela é composta pelos seguintes nomes:

– Silvio Micali: fundador;

– Steve Kokinos: CEO;

– W. Sean Ford: COO.

Quantas moedas Algorand (ALGO) há em circulação?

Com supply máximo de 10 bilhões de tokens, o suprimento de ALGO que está circulando atualmente no mundo é de 6.715.249.730, de acordo com a própria empresa. 

Inicialmente, esse supply máximo seria distribuído em sua integridade até 2024. Contudo, com uma taxa reduzida de distribuição implementada em 2020, os 10 bilhões de ALGO serão distribuídos em até 10 anos, ou seja, até 2030.

Quanto vale 1 ALGO?

Até a publicação deste artigo, 1 ALGO está valendo R$ 10,19. 

Algorand vale a pena?

A decisão por investir ou não em algum ativo deve ser feita de maneira bem particular. Isso acontece porque cada pessoa possui uma base de finanças e estratégias de investimentos próprias.

No entanto, dentre tantas possibilidades de investimentos no mundo dos ativos digitais, a Agorand (ALGO) com certeza tem seu devido destaque, pois possui uma base bastante sólida construída a partir de descobertas científicas.

Caso você tenha interesse em ingressar no mercado de investimento em criptomoedas, a nossa dica é ler este texto: Como investir em criptomoedas no Brasil e com segurança?

Como e onde comprar ALGO?

Comprar tokens ALGO é muito fácil com a Monnos!

Além de sermos uma exchange de criptomoedas de grande simplicidade de negociação, nós também temos taxas muito acessíveis e o maior portfólio de criptomoedas do Brasil. 

Hoje, são mais de 70 criptos disponíveis, além de ter uma nova adicionada a cada duas semanas. Uma ótima oportunidade para quem busca ter acesso aos melhores projetos do momento, não é mesmo?

E caso você ainda não conheça o nosso serviço, está esperando o quê? Baixe o app agora mesmo, faça seu primeiro depósito em reais ou em cripto e comece a negociar a ALGO ou qualquer outra moeda que quiser!

Em qual carteira posso guardar Algorand (ALGO)?

Assim que você tiver suas ALGO em posse, é preciso guardá-las em uma carteira que a suporte. Abaixo, nós listamos algumas:

– MyAlgo Wallet;

– Algorand Core Wallet;

– Coinomi Wallet;

– Atomic Wallet.

Além dessas, a Algorand também desenvolveu sua própria carteira. Ela é um aplicativo móvel e conta com a melhor segurança na categoria com a integração Ledger Nano X.

Para conhecer a carteira, faça o seu download por meio do Google Play ou da App Store.

Conclusão

É fato que o mercado de criptomoedas pode ser instável em alguns momentos – num dia um ativo está em alta e, no outro, em baixa. Porém, isso não é uma regra, tanto que a própria Algorand (ALGO) teve uma supervalorização nos últimos meses, enquanto o Bitcoin e o Ethereum caíram.

Coisas como essas são muito constantes, e para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das criptomoedas, o ideal é acompanhar um canal especialista no assunto, como é o caso do nosso blog.

Por aqui, você tem acesso a todas as novidades das principais altcoins, além de ter conteúdo inédito para ler todas as semanas.

Acesse monnos.com/br/blog e seja bem-vindo!