O Cosmos (ATOM) é um ativo digital com foco na interoperabilidade entre blockchains. Inclusive, devido ao seu protocolo IBC (Interblockchain Communication Protocol), o projeto se intitula como a “internet de blockchains”.

Por conta de inúmeros problemas enfrentados pelas tecnologias desenvolvidas por outros ativos, como o Bitcoin e o Ethereum, o Cosmos vem com o objetivo de resolver vários deles. Em outras palavras, questões como lentidão e altos valores serão resolvidas pelo projeto.

Hoje, o ativo ocupa a posição de número 36 do ranking global de criptomoedas e, de acordo com Michaël van de Poppe, um dos mais conhecidos analistas desse mercado, o Cosmos terá uma nova fase de alta, com uma grande possibilidade de alta no par ATOM/BTC.

Ficou curioso para saber mais sobre essa altcoin? Então você está no lugar certo, pois produzimos um conteúdo bem completo para você.

Olha só!

O que é Cosmos (ATOM)?

Projeto que soluciona alguns dos problemas mais difíceis da indústria de blockchains, como lentidão, escalabilidade e prejuízos ao meio ambiente, o Cosmos (ATOM) é um dos ativos digitais que tem se destacado nos últimos tempos.

Por proporcionar um espaço menos complexo e difícil para os desenvolvedores, ele ainda promove uma comunicação interblockchain por meio do seu funcionamento, que ocorre através do protocolo IBC. Além disso, o Cosmos também permite a troca de ativos de diferentes blockchains de maneira praticamente instantânea e com taxas baixas.

Quem são os fundadores do Cosmos?

O Cosmos foi fundado a partir de três cofundadores do Tendermint, um dos seus principais colaboradores e mantenedores: Jae Kwon, Zarko Milosevic e Ethan Buchman. 

Em 2016, o whitepaper do Cosmos foi publicado e, um ano depois, o projeto realizou uma venda inicial de seu token nativo, o ATOM.

Atualmente, além do Tendermint, o ativo também é mantido pela Interchain.

Quais as vantagens do ATOM?

Um dos projetos pioneiros que se propuseram a resolver as adversidades enfrentadas na utilização de outras blockchains, o Cosmos (ATOM) possui diversas vantagens para seus usuários.

São elas:

– Conecta redes distribuídas com estruturas diferentes de maneira ágil;

– Promove escalabilidade e descongestionamento das redes;

– As transações são extremamente rápidas, cerca de 7 segundos para cada uma;

– Por meio do Cosmos SDK, desenvolvedores podem programar dApps para funcionarem dentro da rede;

– O protocolo IBC está para o projeto Cosmos tal qual o protocolo TCP/IP está para a internet – e é por conta disso que o espaço se considera como a “internet de blockchains”.

Qual o futuro do ATOM?

Em funcionamento há 5 anos, a rede Cosmos possui muitas funcionalidades positivas aos seus usuários – porém, muitas novidades ainda estão por vir.

Estima-se que, nos próximos anos, os seguintes projetos serão implementados na rede:

– Pools de liquidez;

– Plataforma para troca de itens colecionáveis (NFTs);

– Ethereum e Bitcoin embrulhados para troca;

– Gerenciamento de ativos de diferentes blockchains em uma única conta.

Além desses projetos já divulgados pela empresa, o Cosmos pode ser que também integre o mercado de investimentos ecológicos no futuro, por se posicionar como uma rede verde.

Quantas moedas Cosmos (ATOM) há em circulação?

O Cosmos definiu que o fornecimento total de ATOM será de 260.906.513 tokens – e todas serão obtidas por meio de staking.

A partir de duas vendas privadas de tokens ATOM em janeiro de 2017, e uma venda pública em abril do mesmo ano, o projeto arrecadou US$ 16 bilhões.

Até o momento, a quantidade de ATOM circulantes gira em torno de 224.773.165 tokens.

Como a rede ATOM é assegurada?

O protocolo Cosmos (ATOM) utiliza o consenso de Proof of Stake (PoS), o que significa que a validação das transações é realizada pelos usuários que possuem uma maior quantidade de tokens.

No PoS, os validadores ganham recompensas (no caso do Cosmos, são tokens ATOM), o que incentiva o seu trabalho. É importante salientar que, se esses validadores forem desonestos, uma penalidade será aplicada, resultando, inclusive, na perda de tokens para realizarem seus stakes.

Quanto vale 1 ATOM?

O valor de compra de 1 token ATOM, hoje, é de R$ 157,30.

Caso você queira comprar essa criptomoeda, explicaremos o procedimento mais adiante.

Cosmos vale a pena?

Considerando que o Cosmos (ATOM) tem se valorizado cada vez mais, investir no ativo está sendo uma grande aposta para vários profissionais do mercado de criptomoedas.

Contudo, assim como todo tipo de investimento, seja na área cripto ou não, é necessário saber qual o seu perfil de investidor, além de uma ampla pesquisa.

Para te ajudar nessa questão, recomendamos a leitura deste artigo: Como investir em criptomoedas no Brasil e com segurança?

Como e onde comprar ATOM?

Por ser um ativo bastante conhecido, o ATOM já está disponível para compra em diversas exchanges, incluindo a Monnos.

Ao realizar as suas aquisições com a gente, você tem acesso ao processo de compra e venda mais simplificado do mercado. Além disso, nossas taxas são muito acessíveis e possuímos o maior portfólio de criptomoedas do país – são mais de 70 ao todo!

Curtiu? Então vamos ao passo a passo:

1) Baixe o App da Monnos e cadastre-se;

2) Faça o seu primeiro depósito em reais ou em criptos (pode ser BTC, ETH, ADA, etc.);

3) Comece a negociar o ATOM e as outras criptomoedas disponíveis na plataforma. 

Em qual carteira posso guardar Cosmos (ATOM)?

Existem várias carteiras que suportam o ATOM e, no site do projeto, você confere a lista completa (clique aqui).

A seguir, você pode conferir o nome de algumas:

Para Windows e Mac

– Atomic Wallet;

– Exodus;

– Math Wallet;

– Guarda.

Para Android e iOS

– Guarda Wallet;

– Exodus;

– Trust Wallet;

– Math Wallet.

Conclusão

Depois desse texto que você acabou de ler, é quase impossível não querer sentir na prática como é negociar ATOM, não é mesmo?

Além de suas vantagens bastante chamativas, o ativo também tem um futuro promissor aos olhos do mercado. Portanto, acompanhar as novidades é imprescindível.

E para facilitar a sua vida, que tal seguir o nosso blog? Por aqui tem conteúdo novo toda semana e as principais novidades do mundo das criptomoedas. Ah, e em caso de qualquer dúvida, você pode nos perguntar, ok?

Acesse monnos.com e seja bem-vindo à mudança da sua relação com as finanças.