Wallet

Wallet significa carteira, em inglês.

Não vamos nos focar nos aspectos técnicos, mas nos aspectos práticos da criação e gerenciamento de uma carteira digital.

Quando alguém diz que vai “criar uma carteira de Bitcoin”, por exemplo, isso significa que a pessoa irá obter uma chave pública e uma chave privada, dois códigos, sendo que o primeiro é usado para receber fundos e o segundo para enviar fundos. Como é a chave privada que dá acesso aos ativos, ela deve ser guardada com cuidado.

No dia a dia, chamamos de carteira o local onde as chaves estão guardadas. Se estão escritas em um papel, chamamos isso de paper wallet (carteira de papel).

É importante ressaltar que cada uma das letras (maiúsculas e minúsculas) e cada número que compõe o código que é a sua chave priva é essencial.

Aplicativos de celular talvez sejam a forma mais comum de armazenamento das chaves. Um deles é o Electrum. O que garante que o aplicativo é seguro é o fato de que qualquer um pode checar o código por trás de seu funcionamento.

Tipos de carteira

Existem dois tipos principais de carteiras: as custodiais e as não custodiais.

As não custodiais são gerenciadas por você. Só você tem acesso a elas. São exemplos disso: paper wallets e alguns aplicativos, como o Electrum, já mencionado.

A custodiais são gerenciadas por um terceiro. São exemplos disso as carteiras em exchanges (sites de compra e venda de ativos digitais).

Além disso, também existem carteiras frias (cold wallets), caso em que o armazenamento é feito offline, sem acesso a internet, e carteiras quentes (hot wallets), caso em que o armazenamento é feito de uma forma em que há conexão com a internet. Por exemplo, quando você envia bitcoins para sua conta na Monnos, está depositando em uma hot wallet da Monnos.

Há sempre um trade-off entre acessibilidade e segurança. Carteiras quentes são mais acessíveis e são necessárias quando você quer enviar ativos, entretanto, carteiras frias tendem a ser menos suscetíveis a ataques cibernéticos. É comum deixar quantias menores, que serão gastas em um período menor de tempo, em hot wallets, e quantias maiores em cold wallets.

Categorização por local de armazenamento

Hot wallets

– Carteiras para computador: as chaves estão escritas em um software baixado no seu computador.

– Carteiras para celular: as chaves estão em um aplicativo em seu celular.

– Carteira online: as chaves estão armazenadas na nuvem. É comum em corretoras.

Cold wallets

– Carteiras de papel: as chaves são escritas em um papel.

– Hardware: as chaves são armazenadas em um hardware, como um pen drive.

  • Um único bitcoin pode ser dividido, assim como o dólar ou o real, e a menor unidade é chamada de satoshi.

  • Rekt vem do inglês "wrecked", que significa destruído. Estar "rekt" significa estar tomando diversos prejuízos em determinado período.

  • Bitcointalk.org é um fórum público fundado por Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin, em 22 de novembro de 2009.

  • Mining rig ou “plataforma de mineração” é um equipamento ou um arranjo de equipamentos feito para minerar criptomoedas.

  • Liquidez é a facilidade para converter um ativo em outro. Exemplo: se você tem um ativo e consegue vendê-lo rapidamente, esse ativo tem liquidez.

  • Um application-specific integrated circuit (ASIC), que quer dizer circuito integrado específico de aplicação (ASIC), é um hardware, um equipamento, projetado para a mineração de uma criptomoeda.

  • O bear market é uma condição de mercado onde os preços em baixa e tendem a continuar caindo. É um momento de grande pessimismo.

  • Um Node na rede do Bitcoin é um computador conectado a blockchain e que verifica e valida as novas transações, sempre que elas acontecem.

  • P2P (peer-to-peer) no contexto de cripto, trata-se de transações entre dois indivíduos sem um intermediário, como uma corretora, por exemplo.

  • Day trade é uma estratégia arrojada, consiste em comprar um ativo na baixa e vender na alta no mesmo dia, buscando lucro de curto prazo.